• Men of their word
  • Project by: Carlos Lima
  • Documentary project about people and words, about popular poets from the portuguese region of Alentejo.

79

Follow Project

Men of their word

About the project

Let's hear who can say and sing Alentejo's poetry. It will be difficult to recreate the atmosphere lived in those old gatherings of poets, but we can register the word and verses, and save an important part of this art.  Men of their word is a documentary project about people and words, about popular poets from the Portuguese region of Alentejo.

Men of their word

Some poets cannot read or write, but they know the words. Words that are not different but have their own way of being pronounced. Erstwhile, they spent days and nights at parties, fairs, taverns in singing battles with improvised rhymes. Today, they mourn for the present and the future, through verses they write or record by memory. Recalling the past with joy, they say old verses that heard from someone, who heard from someone else, somewhere in a poet's gathering.

Men of their word

I initially thought that I could produce, shoot, and do almost everything with my pocket money. However, the costs of production (especially the costs of traveling by car) and the need for collaboration of a sound mixer (to ensure the quality of the final result), led me to launch this fundraising campaign. The amount requested here will be used to cover production expenses (gas, food and other supplies - for 2 to 3 weeks), realization (sound mixer job) and post production (sound editing).

Men of their word

I have done research (filming conversation with poets) over several months and I intend to continue this job during the campaign. There are many popular poets in Alentejo and the research will allow me to define which path I should follow.

There is much work to do. I'm looking forward for you feedback and hope that you can cooperate.

Thanks!

Estimated reward`s delivery

30 days after project ended

About the promoter

After doing a degree in Sociology and a Post Graduation in Communication, Culture and Information Technology in ISCTE, he went to Rio de Janeiro to study Cinematography Direction at Darcy Ribeiro Cinema School. In 2011, with the help of some friends and without financial support, he managed to produce and perform a short film called Through Lenses.

Follow this project

  • Social Networks

  • FacebookBlog

Colabore!

29 January 2013 às 15:02

A pedido de várias pessoas a campanha de angariação de fundos continua, agora através da minha conta pessoal.
Colabore, apoie, ajude a preservar e divulgar a poesia popular alentejana, através do NIB: 0045 6380 40229381282 26.
Oferta de DVD com uma cópia do filme e agradecimento ao apoiante nos créditos finais. 
Obrigado!

Project updates

Apoiem!

14 January 2013 às 12:38

Faço aqui o apelo a todos aqueles que estão interessados em apoiar este projecto, mas que não o fizeram por acharem que já não vamos conseguir chegar aos 3200€, que o façam. vamos acreditar que ainda é possível! se todos contribuirmos, vamos conseguir. Pouco, será muito!
A oportunidade é agora. Pelas nossas raízes e tradições, pela nossa gente e pela preservação e divulgação da poesia popular alentejana. Apoiem!

Ti Fernando José de Deus

23 December 2012 às 12:12

Ti Fernando José de Deus, 94 anos.
Quando estive com ele, “só” já conseguia lembrar-se de duas “décimas” completas, a memória já lhe falha e pela qualidade deste poema pode perceber-se o que estamos a perder.

Este projecto é uma luta contra o tempo. Como o Ti Fernando, outros poetas a cada dia que passa estão a perder as suas capacidades, deixando assim de ser possível registar as suas memórias, a sua poesia, a sua arte.

Pelas nossas tradições, pela poesia, pelo Alentejo e pela nossa gente, apelo à vossa colaboração. Apoiem e divulguem.

Bom Natal!

Ti Joaquim Lourenço

18 December 2012 às 20:12

A oportunidade é a agora. 
O Ti Joaquim Lourenço tem 97 anos. Conserva viva a memória dos versos que fazia e das histórias do tempo em que passava as noites a cantar ao desafio. 
Esse tempo, essa memória está perder-se a cada dia que passa. A memória colectiva da nossa gente, dos poetas populares alentejanos faz parte da nossa cultura. 
É urgente a colaboração de todos para a realização deste documentário. 
Apoiem!

Ti António

10 December 2012 às 12:48

As "gulosas" do Ti António.

Ti Limpas

04 December 2012 às 16:26

É urgente ouvir esta gente. Recolher os seus testemunhos. Conservar a memória da tradicional poesia popular alentejana. 

O Ti Limpas, apesar de de repertório próprio, considera-se mais dizedor que poeta. Guarda consigo memórias de outros poetas e declama com satisfação poemas que o acompanharam ao longo da vida. 
Não podemos perder a oportunidade, que é agora e não amanhã. Gente de Palavra, conto com a vossa colaboração. 
Vamos ouvir quem sabe dizer e cantar a poesia popular alentejana.

Ti Raimundo

26 November 2012 às 18:03

Nem um pássaro cá canta!

"Jicos"

21 January 2013 às 11:13

Muita força Carlos!!! Um abraço nosso

Galena

Galena

14 January 2013 às 14:01

"Ó Alentejo esquecido inda um dia hás-de cantar". Fá-lo cantar e perdurar. Boa sorte!

Isabel Tavares

Isabel Tavares

12 January 2013 às 21:05

João Tavares

João Tavares

12 January 2013 às 18:53

Tios

inesct

inesct

12 January 2013 às 17:39

Maria De Fátima Crujo

Maria De Fátima Crujo

31 December 2012 às 14:56

É com todo o gosto que apoiamos o teu projeto. Acreditamos em ti, Carlos. Força, um grande abraço dos tios

Ana Moniz

Ana Moniz

28 December 2012 às 20:32

helio valentim

helio valentim

28 December 2012 às 18:46

Excelente projecto! Força e se precisares de ajuda na rodagem a nível de imagem, conta cmg! abr Hélio heliomaiovalentim@gmail.com

Apoio anónimo

Apoio anónimo

22 December 2012 às 19:19

Palavras de alegrias, tristezas e vida dura. Obrigado pela ideia. Vamos tentar junto de quem tem palavra para apoiarem a sua digna palavra.

Diana Resende

Diana Resende

21 December 2012 às 19:22

Este é um projeto cheio de valor e que merece todo o apoio possível! Cá fica o meu contributo. Parabéns Carlos! Força!

Valadeiro

Valadeiro

21 December 2012 às 09:41

Continue a apoiar projectos desta índole. São necessários para que não morra a nossa cultura, a nossa identidade

Carla Massas

Carla Massas

20 December 2012 às 21:43

Boa sorte Carlos, estamos contigo! Carla e David

armelo13

armelo13

19 December 2012 às 22:22

Portugal precisa deste tipo de projectos para não nos esquecermos o que nos caracteriza. Carlos, o contributo é pequenino mas é de coração.

Andreia Gimbra

Andreia Gimbra

17 December 2012 às 21:01

Então assim não vamos ao Varunca? Opá! lolo Queremos poesia! Bjos Adreia e Nuno

Falk

Falk

15 December 2012 às 10:47

De Alentejo à Europa... boa sorte amigao

Susana Martins

Susana Martins

10 December 2012 às 21:54

Apoio anónimo

Apoio anónimo

07 December 2012 às 19:29

Mary Joao Nunes

Mary Joao Nunes

04 December 2012 às 17:02

Quando as palavras dançam, é isto que acontece! Boa sorte, Carlos e muito sucesso!

Apoio anónimo

Apoio anónimo

03 December 2012 às 22:27

Nacho Pastor

Nacho Pastor

30 November 2012 às 00:27

NFGG

NFGG

22 November 2012 às 11:34

Peaku

Peaku

20 November 2012 às 13:04

Força aí Carlos! É realmente uma muito boa e importante ideia, recolher, espalhar e gravar a palavra da cultura Alentejana. Abraço

Leave a comment!
Authentication needed

Carlos Lima

Carlos Lima

29 January 2013 às 14:43

Obrigado a todos!

Carlos Lima

Carlos Lima

29 January 2013 às 14:43

Todos os apoiantes irão receber um DVD com a cópia do filme e um agradecimento nos créditos finais.

Carlos Lima

Carlos Lima

29 January 2013 às 14:38

A pedido de várias pessoas a campanha de angariação de fundos continua, agora através da minha conta pessoal (NIB: 0045 6380 40229381282 26)

Carlos Lima

Carlos Lima

14 January 2013 às 12:37

Quero agradecer a todos os apoiantes, obrigado pela força!

RENATO MANUEL BRAVO VALADEIRO

RENATO MANUEL BRAVO VALADEIRO

23 December 2012 às 13:20

Quero felicitar os intervenientes no projecto, em especial o Ti Raimundo, pois conheço esse homem, pk tb ando nos meios da poesia. Um abraço

Carlos Lima

Carlos Lima

20 December 2012 às 23:10

Toda ajuda é necessária. Faltam 35 dias, apresentem o projecto à família e aos amigos, só com a colaboração de todos podemos chegar aos 80%!

RENATO MANUEL BRAVO VALADEIRO

RENATO MANUEL BRAVO VALADEIRO

20 December 2012 às 10:29

Sem dúvida um grande projecto.São de louvar iniciativas desta índole. Eu que também escrevo poesia, incluindo as décimas, apoio a 100%.

Carlos Lima

Carlos Lima

30 November 2012 às 00:04

Obrigado Rita!

Rita Rodrigues

Rita Rodrigues

29 November 2012 às 16:42

Sei que o Amor, não paga dividas, nem tão pouco serve para apoiar projectos como estes. Não tenho contas bancárias, mas se tivesse...

Carlos Lima

Carlos Lima

26 November 2012 às 15:35

Obrigado pelas palavras de incentivo. Farei de tudo para realizar o melhor trabalho possível.

maria camoesas

maria camoesas

25 November 2012 às 21:33

Parabéns pela iniciativa.... Carlos Precisamos de dar a conhecer a sabedoria do povo alentejano....Sucesso para o projeto.

onframeTrinoPonto CondensadoSTUFAToyno - For Grown UpsS.T.E.P. - System of Translation and Elevation of PeopleAHUA surf withinQueepix – Keep your experiences aliveTeaching and Learning ScienceBUALA - the BODY in reviewIN SPIRITUM MUDAR DE VIDA (CHANGE OF LIFE)Rosa's daughters sing Pé Descalço (Barefoot)The Food TemplePaint Lisbon in Purple ThresholdPreparing New AlbumFazendo 2014Seconda Pratica - Artistic Residence and TourO Pinguim Pingalim e o Leão TiãoByAgiLMiudosSegurosNa.Net Tour 2014UMAMIBorda tu!TmagThis BlissMovie StarsThe next stepJotaP Dress how you feelBY CHANCEGirlsVinciBOPOlhares do Mediterrâneo just4teensCascais AddictedThe man of the bagpipesROSA COM CANELACODEBodies in ActionMo.Ca.FACA OPO Startup WeekBASTIENMoustachePARENTELL um filme de João BordeiraCD VIOLA DA TERRA - Rafael CarvalhoÁlbum Still Hererevista (in)visívelÉ consideravelmente admirávelBorbolino: edição livro+CDQUIMERAA Meia Maratona do DanielZona! Drawanalogika
© Massivemov, 2011 - todos os direitos reservados